Os estudantes das escolas superiores de educação mostraram descontentes com algumas irregularidade que passa nessas escolas de formação…

Numa conferência de imprensa esta quarta-feira (19 de Julho) pelos membros das associações académicas, coordenador das Associações dos estudantes das escolas superiores Francisco Brandão Pereira disse que desde o início do ano, os estudantes não conheceram os resultados do primeiro semestre.

«Nas escolas superiores de educação está a acontecer algumas irregularidades a nível do funcionamento da escola que tem a ver com a retenção das fichas pelos professores da ESSE levando os estudantes a uma situação de desespero. Desde o início do ano lectivo atá a data presente sobretudo na escola normal superior Tchico Té, não foram divulgados os resultados do primeiro período e a menos de uma semana vai findar o ano lectivo»

Para isso, segundo disse, os membros da comissão decidiram enviar uma carta ao ministério da educação concretamente a secretária de estado de ensino superior e investigação científica e “ desde o dia 28 de Junho até hoje (19 de Julho), não houve resposta e a segunda carta foi no dia 13 do mês corrente”, diz.

Por outro lado, manifestaram-se preocupados com a situação, razão pela qual questionam o seguinte:  “ porque que o país não pode parar e pensar num sistema que se adequa ao do guineense e que vai ajudar o país?”.

Por: Bíbia Mariza Pereira

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Subscreva notícias