No quadro da realização do décimo quinto Fórum Nutricional da CEDEAO, que terá lugar nos próximos dias 24 á 27 de Outubro de 2017 na Guiné-Bissau, realizou-se esta quarta-feira (19 de Julho) a primeira reunião preparatória internacional do evento.

Numa conversa com os jornalistas a representante do PAM no país Kyomi Kawaguchi explicou que o fórum vem sendo organizado desde ano 1999.

«Desde 1999 que o gripo de países desta região vem organizando e desde 2000, a organização Oeste Africana de Saúde vem organizando esta reunião para promover intercâmbios, troca de experiencias e discutir como financiar iniciativas nutricional entre países da CEDEAO. Em cada dois anos, estes países reúnem em um dos países da organização para discutir vários aspectos de nutrição para que cada país pode beneficiar de experiencias de outros países membros», explica.

Entretanto, a directora de serviço nutricional do ministério da saúde Ivone Menezes Morreira sublinhou que o fórum “ é um meio de partilha de experiencias entre países da região de CEDEAO por um lado e do outro é um meio de mobilização de fundos para o país anfitrião, porque a partir deste fórum que novas medidas vão aparecendo para beneficiar e ajudar o serviço da nutrição em termos de fazer os novos trabalhos e conseguir meios para implementar as actividades nesta área”.

De referir que este encontro preparatório internacional visa analisar a Visão geral do trabalho realizado na Guiné-Bissau e confeccionar um plano para a mobilização de recursos financeiros.

Todos os trabalhos estão sendo coordenados pela direcção de Serviço Nutricional e Alimentação para as crianças do Ministério da Saúde Pública

O lema do Fórum é “ Vigilância Nutricional a nível dos 15 países da CEDEAO. A Guiné- Bissau é décimo país a realizar este Fórum.

Fazem parte da organização 15 países africanos entre eles, Benim, Burkina Faso, Cabo-verde, Costa do Marfim, Gâmbia, Gana, Guiné-Conacri, Guiné-Bissau, Libéria, Mali, Níger, Nigéria, Senegal, Serra-Leoa e Togo.

Por: Luciano Carlos Jaló

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Subscreva notícias