O Liturgista guineense, Padre António Imbombo relembra aos fiéis que o período de quaresma, que hoje se inicia, deve ser proveitoso para o mundo expressar a paz e a união.

Na mensagem de quaresma o Papa Francisco exorta, aos fiéis a não se cansarem de fazer o bem” e convida-os a fazerem, hoje, 2 de março, quarta-feira de Cinzas, “uma jornada de oração e jejum pela paz”.

A Quaresma significa um tempo de preparação e mudança e, durante os 40 dias os fiéis são orientados a praticar o jejum, a penitência, a oração e as obras de caridade a fim de se prepararem para a grande festa da Páscoa.

Na entrevista à Rádio Sol Mansi (RSM), o Padre António Imbombo lembra que o Papa Francisco pede que todos comecem um jejum e oração para pedir à rainha de paz que livre o mundo do mal.

Imbombo lembra ainda do lema da meditação do Papa Francisco “para não nos cansemos de fazer o bem e que continuemos a fazer o bem”.

“Nesse período temos que jejuar para redimir dos nossos pecados, vícios e crimes”, lembra.

A Quaresma começa, hoje, 2 de Março de 2022, na quarta-feira de cinzas, e termina na quinta-feira da semana santa, 14 de Abril de 2022. É um tempo de penitência, em que a Igreja recorda o período de 40 dias em que Jesus esteve no deserto e, várias vezes, foi tentado pelo demónio. 

 

Por: Redação

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più