O Movimento Solidariedade Serra Leoa ofereceu esta terça-feira (12 de Setembro) roupas usadas a cerca de nove mil pessoas afectadas pelo deslizamento de terra e inundações na capital Freetown.

Ivandro Cardoso, Coordenador do Movimento, promete continuar com o gesto da recolha de roupas para os mesmos fins…

«O que aconteceu na Serra Leoa foi chocante e nós ficamos com mágoa, por isso decidimos mobilizar outras pessoas para ajudar as vítimas com as roupas ou objectos usados, e decidimos avançar com a ideias e as pessoas abraçaram. Temos esta quantidade de roupas e continuamos a receber chamadas de deferentes pessoas que querem fazer suas doações. Mas mesmo com a entrega, vamos continuar a recolha para os mesmos fins»

Entretanto, o Cônsul Honorário de Serra-Leoa no país, Hassam Contoh, garantiu que os donativos vão chegar ao destino.

«Este é um gesto inesquecível e lamentável. Quando alguém está numa situação de aflição, se aparece alguém é muito boa, ainda nesse momento que as populações estão numa situação indesejável e não tem escolha».

 De recordar que as inundações que atingiram a Serra Leoa provocaram mais de 400 mortos, seiscentas pessoas desaparecidas e milhares ficaram sem casa.

Por: Bíbia Marisa Pereira

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Subscreva notícias