O ministério do interior rejeita o pedido de manifestação de uma comissão mista formada pelos partidos políticos e igualmente o ministério demonstra a objecção em relação a vigília do Movimento dos cidadãos Conscientes e Inconformados

Esta segunda-feira (12 de Fevereiro), a comissão mista formada pelos partidos políticos deveriam manifestar, em Bissau, contra as sanções impostas pela CEDEAO e o Movimento dos cidadãos Conscientes e Inconformados pretendem fazer uma vigília em frente a embaixada do Senegal para demonstrara a revolta em relação a morte a bala de um cidadão guineense, na quinta-feira passada, na fronteira com o Senegal. Do confronto mais de cinco (05) pessoas foram feridas.

No comunicado de imprensa enviado á RSM, o ministério do interior diz que a objecção vem na sequência do comunicado do ministério público que determina que as manifestações só poderão ser feitas nos fins-de-semana e nos feriados e nos dias úteis a partir das 19 horas.

Por isso, segundo a nota, por razões de segurança as autoridades competentes poderão impedir a realização de manifestações ou de reuniões a 100 metros de algumas instituições da república incluindo as representações diplomáticas e consulares.

Uma das razões apontadas pela objecção das duas manifestações são os moldes pretendidos pelos subescritores da comissão mista e do movimento dos inconformados porque trata-se de duas situações diferentes mas os acto foram marcados no mesmo dia e na mesma hora.

 

Por: Elisangila Raisa Silva dos Santos

Podcast

podcast

Escute quando quiser as emissões da Rádio Sol Mansi.

 

 

 

Ouvir

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Subscreva notícias

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più