O presidente da Liga Guineense do Direitos Humanos (LGDH) reuniu esta terça-feira (12 de Setembro) com o ministro da Comunicação Social para debater a questão do fecho das emissões de RTP e RDP África no país e entregar um abaixo-assinado sobre as censuras na televisão nacional.

A saída do encontro Augusto Mário da Silva disse que recebeu informações do ministro sobre troca de correspondências entre as partes o que poderá conduzir a retoma das emissões destes canais de informação no país …

«Solicitamos o encontro com o Ministro da Comunicação Social para abordamos assuntos sobre fecho da RTP- RDP África suspenso no país. O ministro nos diz que houve troca de correspondências entre as duas autoridades e essa troca pode conduzir a retoma de RTP e RDP África», explica.

Relativamente a Televisão nacional defendeu que não deve ser sequestrada por quem quer que seja, adiantando que “ouvimos a exposição do Director-geral sobre situação e mostrou que procuram evitar todo caso que poderá configurar situação de censura. A opinião da LGDH é que televisão pública é um instrumento comum de todos os guineenses é um instrumento que deve estar ao serviço de povo guineense, portanto não pode ser sequestrada para quem quer que seja e nem para um grupo de interesse”.

Entretanto, o ministro da comunicação Social Victor pereira disse esperar que brevemente as equipas técnicas dos dois países se sentam a mesa de negociações para ultrapassar a situação

«Estive a falar com a LIGA sobre questão da reabertura da RTP e RDP África e não chamei a imprensa e não posso falar sobre este assunto. Estamos a trocar correspondências com a parte portuguesa e espero que, brevemente vamos sentar a mesma mesa com a equipa técnicas para encontrarmos melhor soluções para um acordo», salienta o ministro

Por: Bíbia Marisa Pereira

    

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Subscreva notícias