Termina, esta quarta-feira (20), em Dacar, Senegal, a conferência dos presidentes das conferências episcopais e presidentes das Caritas em África. O encontro vinha a decorrer desde o dia 18 corrente

No encontro a Cáritas Guiné-Bissau está a ser representada pelo Bispo de Bafatá, Dom Pedro Zilli, Presidente do Conselho da Administração da Cáritas Guiné-Bissau, e pelo Coordenador do Programa da Cáritas, Clemento Ano Mendes.

Numa entrevista á Rádio Sol Mansi (RSM), Clemento Mendes falou dos temas discutidos durante os dias de trabalhos e explica que os participantes discutem a estratégia da união entres estrutura da Cáritas.

“A Guiné-Bissau faz parte de um dos grupos de trabalho criados, neste momento, para falar e das estratégias do trabalho como da Caritas de cada país”, avança.

Entretanto, Bispo Dom Pedro Zilli, presidente do conselho da administração da Cáritas Guiné-Bissau, diz que o encontro é de grande valia na medida em que a estrutura guineense sairá mais reforçada e determinada.

“Este encontro é importante para discutir a função dos Bispos na actividade social. Estamos contentes com os trabalhos e os esforços que as Igrejas da Africa estão a fazer para o desenvolvimento das pessoas necessitadas”, diz Dom Zilli que diz voltar com esperança nova e com mais boa vontade a trabalhar pela Cáritas.

O encontro dos Bispos da Caritas da África reflecte os trabalhos da instituição ao serviço das pessoas mais carenciadas em África.

 

Por: Elisangila Raisa Silva dos Santos

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Subscreva notícias