Greve: SEM ATENDIMENTOS NECESSÁRIOS, PACIENTES ABANDONAM HOSPITAL PÚBLICO E VOLTAM PARA CASA

Greve: SEM ATENDIMENTOS NECESSÁRIOS, PACIENTES ABANDONAM HOSPITAL PÚBLICO E VOLTAM PARA CASA

A greve na administração pública está a ter reflexos muito negativos no Hospital Nacional Simão Mendes, esta manhã, os pacientes foram obrigados a procurar tratamento médico em outros hospitais porque não estavam a ser atendidos

ORANGE BISSAU DESACATA AS REGRAS E É CONDENADA A PAGAR QUASE 4 BILIÕES DE FRANCOS FCFA

ORANGE BISSAU DESACATA AS REGRAS E É CONDENADA A PAGAR QUASE 4 BILIÕES DE FRANCOS FCFA

O Conselho da Administração da Autoridade Reguladora Nacional das Tecnologias de Informação e Comunicação (ARN) condena a Empresa de Telecomunicação Móvel “Orange Bissau” ao pagamento de mais de três biliões de flancos cfa

UM BAMBARAM PARA O RENASCIMENTO AFRICANO

UM BAMBARAM PARA O RENASCIMENTO AFRICANO

Se é verdade que, como disse Birago Diop, “nossos mortos nunca partiram”, ainda mais – se eu olhar para a dolorosa realidade da Guiné-Bissau hoje com seu triste cenário de “antropologia da raiva” que dura há 45 anos e cresce em força e vitalidade a cada dia – temos uma obrigação moral urgente de...

SOCIEDADE CIVIL QUER MAIOR PONDERAÇÃO DO PRESIDENTE ANTES DA PROMULGAÇÃO DO OGE

SOCIEDADE CIVIL QUER MAIOR PONDERAÇÃO DO PRESIDENTE ANTES DA PROMULGAÇÃO DO OGE

O Presidente do Movimento Nacional da Sociedade Civil para a Paz e Democracia, Fodé Carambá Sanhá, pede maior ponderação do presidente da República na promulgação da lei do Orçamento Geral de estado (OGE)

PRESIDENTE DO STJ DESDRAMATIZA CRÍTICAS EM RELAÇÃO A CORRUPÇÃO NO SECTOR JUDICIAL

PRESIDENTE DO STJ DESDRAMATIZA CRÍTICAS EM RELAÇÃO A CORRUPÇÃO NO SECTOR JUDICIAL

O presidente do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), Paulo Sanhá, reconhece que a maioria dos guineenses considera a justiça guineense como corrupta, criadora e facilitadora da impunidade

  • Greve: SEM ATENDIMENTOS NECESSÁRIOS, PACIENTES ABANDONAM HOSPITAL PÚBLICO E VOLTAM PARA CASA

    Greve: SEM ATENDIMENTOS NECESSÁRIOS, PACIENTES ABANDONAM HOSPITAL PÚBLICO E VOLTAM PARA CASA

    Monday, 18 January 2021 14:19
  • ORANGE BISSAU DESACATA AS REGRAS E É CONDENADA A PAGAR QUASE 4 BILIÕES DE FRANCOS FCFA

    ORANGE BISSAU DESACATA AS REGRAS E É CONDENADA A PAGAR QUASE 4 BILIÕES DE FRANCOS FCFA

    Friday, 15 January 2021 13:58
  • UM BAMBARAM PARA O RENASCIMENTO AFRICANO

    UM BAMBARAM PARA O RENASCIMENTO AFRICANO

    Tuesday, 12 January 2021 16:50
  • SOCIEDADE CIVIL QUER MAIOR PONDERAÇÃO DO PRESIDENTE ANTES DA PROMULGAÇÃO DO OGE

    SOCIEDADE CIVIL QUER MAIOR PONDERAÇÃO DO PRESIDENTE ANTES DA PROMULGAÇÃO DO OGE

    Tuesday, 12 January 2021 14:59
  • PRESIDENTE DO STJ DESDRAMATIZA CRÍTICAS EM RELAÇÃO A CORRUPÇÃO NO SECTOR JUDICIAL

    PRESIDENTE DO STJ DESDRAMATIZA CRÍTICAS EM RELAÇÃO A CORRUPÇÃO NO SECTOR JUDICIAL

    Tuesday, 12 January 2021 14:57

 

Domingos Simões Pereira falava esta quarta-feira em reacção ao acórdão do Supremo Tribunal de Justiça que declara a inconstitucionalidade do acto da comissão permanente de ANP. “ Lembre-se que há pouco tempo alguém nos dizia que cumpriu com o acórdão 1/2015 e espera que quando não for favorável aos outros que também cumpram. Podem estar a vontade pois para nós o cumprimento das leis e das deliberações de órgãos competentes não é uma opção, mas sim uma obrigação”. Isso numa clara alusão as declarações do presidente da Republica aquando da abertura do novo anos judicial.

Por outro lado o líder do PAIGC disse não compreender qual será o papel dos 15 na ANP uma vez que já não são do partido e nem fazem parte da bancada do mesmo “ porque o acórdão diz que o deputado responde politicamente e, eventualmente até mesmo disciplinarmente, se bem que a nível puramente interno, perante o seu partido ou perante o seu grupo parlamentar, sendo pois concebível em teoria que a violação da disciplina de voto possa dar lugar a afastamento do grupo parlamentar onde se integra, “ aí questiono, se pode ser sancionado pela sua bancada parlamentar e não pode ser independente, com que estatuto pode permanecer na ANP”, questionou.

O presidente assegurou ainda que para o PAIGC, a política não se resume em lutar pelo poder, tendo adiantado ter constatado que o PRS, segundo maior partido estava a manifestar juntamente com os 15 deputados expulsos o que para ele só pode significar uma perda de visão sobre a sua responsabilidade politica.

Para Domingos Simões Pereira, “a essência da existência dos partidos políticos e do nosso edifício político está atingido, e ameaça a todos e isso só pode resultar de alguma ignorância pu o facto dos 15 deputados expulsos já pertencerem ao PRS”, disse.

Aos militantes garantiu que têm mecanismos necessários para fazer valer suas conquistas eleitorais

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più