06
Jan
2020

O Serviço Nacional da Meteorologia alerta sobre a possibilidade do aumento do vento no país durante mês de Janeiro ao Fevereiro em relação ao mês passado.

Numa entrevista esta segunda-feira (6/1), o director deste serviço João Lona Tchegna, aconselha que neste momento “as pessoas devem prevenir e agasalhar sempre, ter muito cuidado no momento de esquentar, e como precaução devem acompanhar o boletim meteorológico e neste momento, vento está moderado”.

“ Normalmente este período do ano até Março, Abril, teremos ventos forte e vai manter porque agora é que estamos no próprio período de frio. A partir de Janeiro até Fevereiro, esperamos ter período de frio mais intenso em relação ao mês passado, neste momento, o vento está moderado 20 e não chega 30 KM/H e quando vai passar 30 km/h é necessário tomar certas medidas de precaução”, aconselhou

Entretanto, no que se refere aos perigos das viagens marítimas, o Capitão dos Portos de Bissau, Siga Batista, aconselha que em caso do mau tempo as pirogas devem suspender a circulação para evitar as tragedias.

“o tempo não está bom, tem grandes ventos e ondas gigantes em todo o lado e isso favorece sempre ocorrência de acidentes e soma ainda mais tempo de poeira por todo o lado e nem se consegue ver a frente e também geada, por isso sempre pedimos as pessoas, se o tempo não estiver bem, pedimos sempre para não insistir a continuar com a viagem”, referiu.

Sobre o mesmo assunto o Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros, através do seu Porta-Voz, Francisco Correia, chamou atenção aos proprietários das pirogas a acatarem todos aos conselhos da capitania dos Portos.

“ Esses dias fazem ventos muito fortes por isso, deve-se acatar conselhos dos agentes da capitania. A vida não se compra, então quando alguém disser para não fazer certas práticas neste período do ano, está a previr para que a sua vida não esteja em causa

O vento pode durar até Março segundo as previsões da meteorologia Nacional e pode aumentar, facto deve-se à mudança climática

Por: Redacção/ Bíbia Mariza Pereira

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più