23
Dec
2019

O presidente de União de Produtores de Cadeia Avícola da GB (UPCA-GB), Luís Taborda, afirma que, a curto prazo, a sua organização pretende acabar com o consumo de frango congelado no país a meta é consumir apenas os frangos locais.

Luís Taborda falava, hoje, após a assembleia da União de Produtores de Cadeia Avícola da GB (UPCA-GB), realizada a margem do 4º encontro nacional de avicultura, agro-ecologia e feira avícola e hortícola que decorre, em Bissau, sob o lema, “nó valoriza produção da galinha (avicultura) i agro-ecologia na Guiné-Bissau”.

“Queremos dar outra dinâmica a esta organização, porque uma das nossas prioridades é acabar com frangos congelados e para conseguirmos este objectivo temos que produção para atingir a necessidade de população e isso ainda tem que ser mais barroto possível por causa da concorrência” explica.

O presidente da organização falou ainda da perspectiva em relação aos novos membros da direção da União de Produtores de Cadeia Avícola da Guiné-Bissau «UPCA» durante os próximos quatro anos de mandato.

“Acabamos de criar delegados regionais, pela primeira vez, para pudermos atingir os nossos objectivos e, esses delegados são pessoas preparadas em termos de aconselhamento e dar formação ao próprio pessoal da avicultura para que possamos atingir o nosso fim”, explica.

Luís Taborda considera ainda de positiva a realização desta feira e não obstante também em relação a venda dos produtores o balanço é negativo.

“Esperamos que com a fluência dos consumidores para compra dos produtos nos dois dias restantes da feira, os nossos produtores vão conseguir atingir mais de 50% da venda, em termos da organização o balanço é positivo, por isso, esperamos que as próximas edição sejam assumidas pelo Estado da Guiné-Bissau como acontece nos outros países da sub-região”, afirma Taborda.

Durante os dias do evento, os expositores dos diferentes produtos participam nessa feira avícola e hortícola e também foram organizados diferentes debates, concursos de culinária, workshops, assembleia de UPCA-GB e animação cultural.

O quarto encontro nacional de avicultura e agro-ecologia é promovido pela acção “ianda Guiné! Galinhas” e implementado pela Mani tese, Asas de socorro, IMVF e UNITO, no ianda Guiné! Um programa da União Europeia.

 

Por: Elisangila Raisa Silva dos Santos / Anézia Tavares Gomes

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più