Diabetes afecta actualmente mais de 5.000 pessoas na Guiné-Bissau, os dados são da Associação Nacional de Defesa dos Diabéticos do país

Os dados revelados no dia que o mundo celebra, hoje (14 de Novembro), o dia de luta contra diabetes (conhecido também como excesso de açúcar no sangue) cujo lema, este ano, é “Família e Diabetes”. O dia existe por causa de todas as viventes com diabetes e ainda visa travar o crescimento da pandemia que está a ganhar mais força no país.

Segundo a Associação Nacional de Defesa dos Diabéticos, para ajudar a diminuir a propagação da doença, este ano, pretendem fazer actividades que incluem despistagem gratuita na região de Oio e ainda com debates radiofónicos que visam conscientizar as pessoas sobre a doença e ainda divulgar ferramentas para a prevenção da doença.

Entretanto, em entrevista à Rádio Sol Mansi (RSM), o médico guineense e especialista em medicina familiar, Januário Lima, disse que os sintomas de diabetes incluem perda de peso e diluição da urina.

“Entre outros sintomas existem poliúria (excesso de urina pouco concentrada) e fraqueza muscular que motiva perda do peso mas estes sintomas são vistos no tipo 1) ”, explica.

Embora estes são alguns dos sintomas mas, o médico alerta que perante qualquer diferença no corpo as pessoas devem recorrer ao hospital ou centro de saúde.

“Diabetes deve ser objectivado através de análises. As vezes existem condições de pré diabetes (com mais possibilidade de ter a doença) mas que não té essencialmente a doença em si”, alerta.

Médico Januário Lima disse ainda na mesma entrevista que diabetes pode ser prevenida através de exercícios físicos, evitar sedentarismo e ainda o consumo de tabacos e de álcool.

“As pessoas devem corrigir os factores de risco porque diabetes não gosta das pessoas que praticam exercícios físicos, devemos prevenir hipertensão e colesterol, reduzindo peso e acima de tudo evitar o consumo excessivo de qualquer tipo de drogas e ainda de álcool”, aconselha.

Existem vários tipos de Diabetes (um que pode ser hereditário e o outro que pode ser adquirida) e outros tipos e diabetes é adquirido com a falta de má alimentação sedentarismo e ainda devido aos outros factos que afectam a saúde.

Segundo dados disponíveis por ano mais de 5 milhões de pessoas morrem por causa de diabetes e mais de 400 milhões vivem com esta doença crónica provocada por subida anormal de açúcar no sangue mas que pode ser controlada.

 

Por: Elisangila Raisa Silva dos Santos

Podcast

podcast

Escute quando quiser as emissões da Rádio Sol Mansi.

 

 

 

Ouvir

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più