Morreu o padre Piero Gheddo, missionário do PIME que igualmente exercia as funções de jornalista. O falecido padre contribui na criação de projectos social para a Guiné-Bissau

Padre Piero morreu, esta quarta-feira (20 de Dezembro), aos 88 anos, em Milão. Depois de passar 60 anos a exercer o jornalismo de evangelização ao bem da Igreja e da vida na sociedade.

Padre Fábio Motta, responsável do PIMI na Guiné-Bissau, disse que padre Piero tinha uma “grande” ligação com a Guiné-Bissau através de criação de projectos sociais e também com a RSM através de financiamentos na construção do seu actual edifícios porque “o seu sonho sempre foi ver a RSM a lutar pela evangelização e reconciliação nacional”.

Padre Fábio Motta diz ainda que os livros e artigos do padre Piero, como jornalista, tiveram influência na sua vida missionária.

Padre Piero morreu aos 88 anos e escreveu mais de 100 volumes e o seu funeral será realizado no sábado, 23 de Dezembro, em Milão, na Igreja do PIMI.

Por: Elisangila Raisa Silva dos Santos

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Subscreva notícias

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più