O governo nigerino e a Comissão Económica das Nações Unidas para África (CEA) lançam oficialmente a 4ª edição da feira 100% “made in Níger” juntamente com a campanha consumidor nigerino.

Organizada pelo Governo do Níger, através do Ministério do Comércio e Promoção do Sector Privado, essa actividade tem como objectivo acelerar o processo de industrialização e diversificação económica do país no contexto da entrada em vigor da Área de Livre Comércio Continental Africana (ZLECAf) a partir de janeiro de 2021.

No ato, o Ministro do Comércio e Promoção do Sector Privado, Sadou Seydou, lembrou que em 25 de outubro de 2019, na reunião dos Ministros encarregados do comércio na área da UEMOA, foi adoptado que o mês de outubro seja dedicado "mês do consumo local" no espaço comunitário.

"Essa iniciativa visa fortalecer a integração económica sub-regional e o desenvolvimento do comércio intracomunitário que está em vigor com os objectivos da ZLECAf, que está programada para começar a ser negociada em janeiro de 2021", disse Sadou Seydou.

Por sua vez, a directora do bureau sub-regional da CEA, Ngone Diop, disse que a sua organização tem desempenhado um papel fundamental na formulação da ZLECAf, em sua adopção pelos Chefes de Estado e de Governo, e continuará apoiando os países na aceleração da implementação deste Acordo sem precedentes.

A este respeito, continuou Ngone Diop, "temos o prazer de recordar que o nosso apoio técnico e financeiro em curso deve permitir que o Níger desenvolva uma estratégia nacional de ZLECAf no curto prazo".

Ngone Diop prosseguiu dizendo que "é neste contexto que a CEA, em parceria com a Organização dos Profissionais da Indústria do Níger, à margem da mostra 100% Made in Níger e do lançamento da campanha "Consumidores Nigerianos", organiza um painel de discussão hoje, 08 de outubro sob o tema: "Impulsionando a produção local: Promovendo o selo Made in Níger no contexto da implementação do ZLECAf".

Por: Nautaran Marcos Có

Podcast

podcast

Escute quando quiser as emissões da Rádio Sol Mansi.

 

 

 

Ouvir

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più