O Secretário de Estado de Segurança e Ordem Pública considera de precária as condições laborais das forças paramilitares do país.

Mário Saiegh falava esta sexta-feira (19/7) depois da visita conjunta com o ministro do Interior as instalações do Comissariado da Polícia da Ordem Publica, da Intervenção Rápida e algumas esquadras da capital Bissau.

Segundo Saiegh, esta precariedade laboral das forças policiais tem a ver com a desorganização interna existente anteriormente no próprio ministério.

“É um pouco difícil ver o que constatamos. Os agentes não têm condições que é extremamente precária, mas eles estão a fazer na medida de possível em cumprimento das suas obrigações. É verdade que temos que admitir que talvez toda esta situação da precariedade é o fruto de um pouco da desorganização existente anteriormente no ministério”, afirma o Secretário de estado.,

Saiegh admitiu ainda que o actual executivo pretende reorganizar o ministério dentro do limite, por isso, solicita a colaboração da população.

“Esta nomeação do Ministro e o Secretário do estado é uma atenção especial que o governo dá a este sector, por isso, vamos tentar reorganizar esta casa dentro do limite da lei, nada podemos permitir com excesso, tanto por parte da população assim como da força de segurança. Portanto é bom que haja a colaboração também por parte da população para que alguns tempos, que a própria população possa ver as forças policiais como um colaborador, não como as forças repressivas apenas”, prometeu  

Na quarta-feira última, o ministro do Interior visitou diferentes departamentos que compõem a instalação do próprio ministério para constatar e avaliar as informações formais que já recebeu por parte dos responsáveis.

Por: Braima Sigá

Podcast

podcast

Escute quando quiser as emissões da Rádio Sol Mansi.

 

 

 

Ouvir

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più