O primeiro-ministro, Aristides Gomes, afirma que a estabilização política não tem a ver só com o funcionamento do sistema político mas também com a melhoria das condições de existência da população da Guiné-Bissau

Aristides Gomes proferiu a declaração, esta terça-feira (09), em Bissau, a quando do balanço do seu cinco (05) meses de mandato, onde também garantiu que até o próximo mês de Dezembro o executivo tenciona terminar “de uma vez por todas” os graves problemas da energia eléctrica no país e “queremos com isso contribuir de uma forma decisiva para a estabilização política na Guiné-Bissau”.

“Prometemos trabalhar para melhorar a sanidade financeira da principal empresa de energia eléctrica e neste momento estamos prestes a assinar contrato de gestão com uma empresa estrangeira a partir de um concurso público que tem o apoio do Banco Mundial (BM) ”, explica.

Sobre as sucessivas cortes da energia, neste ultimo momento, na capital Bissau, o primeiro-ministro garante que isso tem a ver com os trabalhos ligados a transformação da rede eléctrica no país.

“Um dos principais problemas ligados a distribuição e a produção da energia eléctrica no país pretende-se com o caracter extremamente arcaico da nossa rede de produção eléctrica que data dos anos 40 que, em consequência, retém uma grande parte da energia produzida que não consegue chegar ao consumidor”, admite.

Em relação ao sector económico, Aristides - apesar de lamentar a queda que houve no sector devido as dificuldades na comercialização da castanha de caju – realça que existem progressos inclusive com o programa do Fundo Monetário Internacional (FMI).

O primeiro-ministro, Aristides Gomes afirma que por um lado o trabalho da estabilização da economia nacional cria melhores condições de vida para a população dando esperança aos guineenses, e, no entanto, por outro lado, o trabalho da criação de condições para que os guineenses possam participar na consolidação das conquistas políticas em termos de avanços do progresso da democratização do país, fazendo eleições e permitindo as instituições de funcionar regularmente de forma normal e equilibrada.

 

Por: Elisangila Raisa Silva dos Santos

Podcast

podcast

Escute quando quiser as emissões da Rádio Sol Mansi.

 

 

 

Ouvir

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più