O Presidente da República, Umaro Sissoco Embaló, revela a intenção de tornar a Guiné-Bissau num palco de visita, por isso, para a comemoração do dia da independência nacional, cinco (05) presidentes da República africanos confirmaram a presença no país.

Umaro Sissoco Embaló falava, hoje, em conferência de imprensa, sobre os preparativos da festa da independência nacional, que terá lugar no estádio nacional 24 de Setembro e deve juntar importantes individualidades nacionais e estrangeiras.

“Todos os chefes dos Estados convidados irão participar, e os que não vão poder participar serão representados por seus Ministros de Negócios Estrangeiros, e até aqui já temos a confirmação do Presidente da Nigéria, Presidente do Senegal, Presidente da Mori Tânia, e Presidente da Burquina Faço”.    

O presidente apela união dos guineenses no dia da independência nacional. Para o presidente o dia deve ser de trégua e de desígnio nacional.

“Vou a pelar a todos filhos da Guiné-Bissau, para deixarmos os nossos sentimentos de lado”.      

Na mesma conferência de imprensa, Sissoco Embalo confirma ter recebido o convite do seu homologo português, naquela que será a sua primeira visita oficial à Europa.

“ Aceitei o Convite o meu homólogo Português, para efectuar uma visita a este país, e será a mininha primeira à Europa”.

Para a comemoração do dia da independência nacional, este ano, a ser comemorando no momento em que o país enfrenta a pandemia da Covid 19, o ministério do interior anunciou a disponibilização de mais de 2.000 homens ao nível de capital Bissau e das zonas fronteiriças.

 

Por: Turé da Silva

Podcast

podcast

Escute quando quiser as emissões da Rádio Sol Mansi.

 

 

 

Ouvir

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più