Celebra-se, hoje, o dia 03 de Dezembro, o dia Internacional de pessoas com deficiência. No país o acto foi comemorado com actividades desportivas e culturais antecedidas de uma marcha desportiva. As pessoas com deficiência querem uma sociedade participativa e inclusiva

Com a marcha as pessoas com deficiência querem chamar atenção do mundo na valorização da camada e ainda no respeito aos seus direitos.

O lema deste ano é “promovendo a participação das pessoas com deficiência na sua liderança, Agindo na agenda do desenvolvimento”.

Para comemorar a data foi promovida uma marcha de Chapa de Bissau até Espaço Verde e ainda com animação dos grupos culturais, depois exibição de curta-metragem sobre os valores das pessoas com deficiência.

No acto, a Ministra da Mulher, Família e Protecção Social, Cadi Seide, disse que o governo está consciente dos grandes desafios que tem pela frente na política de protecção social…

“Estamos conscientes dos grandes desafios que ainda temos pela frente, por isso vários projectos da nossa instituição estão já concluídos da sua elaboração e estamos a procura de fundos para poder implementar estes grandes projectos como a reabilitação do internato de Morés, a construção de complexo multifuncional e profissionalizante para todo o nosso grupo alvo assim como a criação do cadastro social único a fim de podermos de facto tomar medidas das políticas públicas e concernente e de acordo a necessidade de cada grupo alvo”.

Para o Presidente da Federação das Associações de Defesa e Protecção dos Direitos das Pessoas com Deficiência da GB, Lazaro Barbosa, é tempo de mudança e esta mudança será possível desde que todos tenham consciência de assumir o compromisso…

“É tempo de mudança. E esta mudança será possível desde que todos tenhamos consciência, assumamos o compromisso e em concertação interinstitucional possa alcançar os objectivos propostos pela agenda 2030 concretamente os objectivos de desenvolvimento sustentáveis números 4, 5, 8, 9 e 10 que permitirão a abertura da Guiné-Bissau para uma sociedade participativa e inclusiva onde as pessoas com deficiência possam assumir destaques na governação dos seus interesses e, quiçá dos interesses da própria nação Guineense”

A RSM ouviu algumas pessoas com deficiência sobre o dia que em detrimento de festas preferem construção de lares para pessoas com deficiência carenciadas.

O objectivo do dia Internacional de pessoas com deficiência é de contribuir para o fortalecimento do movimento das pessoas com deficiência capaz de influenciar a construção de uma sociedade desenvolvidas, justa e inclusiva na Guiné-Bissau.

 

Por: Elisangila Raisa Silva dos Santos / Bíbia Mariza Pereira

Podcast

podcast

Escute quando quiser as emissões da Rádio Sol Mansi.

 

 

 

Ouvir

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più