O coordenador adjunto da Academia Ubuntu, Lamine Soncó, afirma, hoje (18 de Julho), que a estabilidade da Guiné-Bissau está na acção de cada guineense

Lamine Soncó que falava no ato da celebração do dia Internacional do líder sul-africano Nelson Mandela, instituída pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas, em Novembro de 2009, realizado todos os anos os dias 18 de Julho.

Na Guiné-Bissau a celebração foi organizada pela Academia Ubuntu, em parceria com União Nacional dos Trabalhadores da Guiné (UNTG), Corpo Nacional de Escuteiros da Guiné-Bissau, a empresa privada de telecomunicação móvel MTN e UNIOGBIS.

No entender de Soncó, não é preciso ser um herói para tirar o país na constante instabilidade em que se encontra porque a “estabilidade da Guiné-Bissau está na acção de cada um de nós”.

“A paz é um bem que supera todas as barreiras e ela só pode ser atingida pelo entendimento tendo em conta este lema instituído que é a União, Paz e Estabilidade que vai em conta aquilo que tem passado aqui neste momento na Guiné-Bissau”, sustenta Soncó.

Ainda Lamine Soncó menciona uma das palavras do líder africano Nelson Mandela (o que conta na vida não é o simples facto de termos vivido é a diferencia que fizemos na vida dos outros que determina o significado da vida que levamos), e desafia a classe política guineense a inspirar no exemplo da reconciliação nacional da África do Sul.

“Gostaria de lembrar uma das palavras do próprio Mandela que espira este dia que pediu para que todos tirassem os 67 minutos para fazer um bem na sua comunidade. E aproveito para lançar um vibrante apelo a todos os guineenses e em especial a classe politica, a perdoarem-se, e sentirem-se irmãos para completarem-se com vista a uma verdadeira reconciliação nacional a que tanto o povo guineense almeja, espirando o exemplo na reconciliação nacional de Africa do Sul”, disse o coordenador adjunto da Academia Ubuntu.

Já o representante do director da Rádio Sol Mansi (RSM) no evento, Braima Sigá, convidou os homens e mulheres da comunicação para assumirem o papel de derrubar os muros da divisão e da inimizade.

“O Papa Francisco aconselha e nós na RSM concordamos e estamos comprometidos nessa luta contra, informações manipuladas, distorcidas em oposição à verdade que liberta, que dá segurança e fundamenta a paz; divulgação de matérias contrárias à dignidade da pessoa humana como o racismo e qualquer outra forma de discriminação religiosa, social ou política, a pornografia e a exploração da mulher e da criança na publicidade, contrarias à promoção dos direitos das pessoas e à convivência social justa e solidaria; imposição de ideologias do status quo ou de mudanças radicais sem respeito à liberdade democrática”, exorta.

Na sua comunicação pede o papel dos média para derrubar os muros que separam os povos e as nações entre si e alimentam a incompreensão e a desconfiança”.

 

Por: Elisangila Raisa Silva dos Santos 

Imagem: Lassana Dansó

Podcast

podcast

Escute quando quiser as emissões da Rádio Sol Mansi.

 

 

 

Ouvir

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più