O Procurador-geral de República afirmou que o Ministério Público “é uma entidade muito importante no combate à corrupção e por essa razão deve estar dotados de meios operacionais”.

Ladislau Embassa que falava esta sexta-feira (19/7) no acto de entrega dos materiais informáticos oferecidos pela embaixada de China aos diferentes departamentos da sua instituição, diz ainda que o governo deve criar condições necessárias para o razoável funcionamento do ministério público.

“ O Ministério Público é uma entidade muito importante no combate à corrupção e por essa razão deve estar dotado de meios que lhe permita ter a capacidade operacional necessária para poder desenvolver o seu trabalho o que neste momento não existe, falta quase tudo e penso que essa situação não pode continuar e cabe ao governo criar as condições necessárias para o razoável funcionamento da instituição”, diz para depois avançar que “ sem esses meios, o ministério público, acabará por colocar-se numa situação como um soldado que vai ao campo de batalha sem arma”.

Por seu lado, o coordenador do gabinete de auditoria do Ministério Público Lassana Dafé concordou que os materiais recebidos irão permitir o aumento do nível de trabalho “ porque realmente o Ministério Público tem tido dificuldades em termos de materiais informáticos”.

De referir que o ministério publico beneficiou de 20 computadores, 9 impressoras e uma fotocopiadora.

Por: Nautaran Marcos Có

Podcast

podcast

Escute quando quiser as emissões da Rádio Sol Mansi.

 

 

 

Ouvir

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più