O projeto designado "10 Milhões de Árvores", visa mobilizar as Forças Armadas na criação de áreas de florestação, em parceria com o Instituto da Biodiversidade e das Áreas Protegidas (IBAP).

A informação foi avançada pelo do investigador do Instituto da Defesa Nacional , Murtala Dabó, depois da abertura do seminário sobre exploração ilegal de recursos naturais e seu impacto na segurança nacional.

"Nós do Instituto da Defesa temos um projeto com o IBAP para plantação de 10 milhões de árvores. O projeto está em análise e vai permitir às Forças Armadas criar áreas de florestação. Ainda estamos a trabalhar com o IBAP e quando avançar a sociedade sentirá o seu impacto", prometeu o investigador.

De acordo com Murtala Dabó, a questão ambiental é parte integrante do processo de defesa nacional, por isso decidiram realizar o encontro com o objetivo de sensibilizar os técnicos de diferentes áreas sobre as consequências da exploração dos recursos naturais.

O seminário sobre exploração ilegal de recursos naturais e seu impacto na segurança nacional, acontece num momento em que a Guine-Bissau é considerado um dos 43 países mais vulneráveis às alterações climáticas, segundo o especialista guineense sobre clima, Viriato Cassamá, durante a Conferência da Organização das Nações Unidas sobre alterações climáticas (COP21).

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Subscreva notícias