Os membros não permanentes da Comissão Nacional de Eleições (CNE) ameaçam comprometer o processo eleitoral em curso, caso não forem pagas as dívidas contraídas nas eleições de 2019.

A ameaça do grupo foi publicamente expressa, esta terça-feira, em Bissau, pelo seu coordenador, à margem da vigília realizada em frente ao Palácio do Governo, exigindo do executivo o pagamento de mais de 160 milhões de francos cfa, provenientes das duas eleições (legislativas e presidenciais) do ano de 2019.

Hélio Vieira Mendes, acusa o governo liderado por Nuno Gomes Nabiam de falta de vontade em cumprir com as suas exigências.

“O governo não está interessado em resolver a situação das dívidas contraídas. Muitas vezes tivemos encontros com o governo através do ministério das finanças, na qual comprometeram-se em pagar estas dívidas, mas até agora nada”, sustenta.

O governo, através do ministério de Administração Territorial e Poder Local, anunciou para o próximo dia 10 de dezembro o início dos trabalhos de recenseamento eleitoral para as eleições legislativas adiadas para o próximo ano, cujo decreto presidencial da data contínua a ser a de 18 de dezembro deste ano.

Perante à imprensa esta terça-feira, Hélio Vieira Mendes, coordenador dos membros da Comissão não Permanente da Comissão Nacional de Eleições, considera que a data prevista pelo governo pode ser comprometida devido às dívidas contraídas nas eleições passadas.

“Tanto na CNE e como no GTAPE, há muitas dívidas, agora tenho muita dúvida se o processo de recenseamento vai decorrer na data prevista”, alerta.

Os membros não Permanentes da Comissão Nacional de Eleições (CNE) e da Comissão Regional de Eleições (CREs), voltam a exigir do governo o pagamento de mais de 160 milhões de francos CFA, contraídas nas últimas eleições gerais de 2019.

 

Por: Ussumane Mané

Imagem: Internet 

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più