A juventude dos partidos assinantes do acordo de estabilidade parlamentar anunciaram para amanhã (22 de Maio), a segunda etapa da manifestação para exigir do presidente da República a nomeação do novo primeiro-ministro saída das últimas eleições legislativas de 10 de Março.

Na ocasião o presidente da comissão organizadora da marcha Ansumane Camará afirmou que José Mário Vaz não está a facilitar a vida dos guineenses.

“ Durante a marcha, vamos explicar ao José Mário Vaz que o povo guineense deixou de ser medroso e passivo. A marcha de amanhã vai testemunhar que próximos momentos serão difíceis, porque o presidente da República não está a facilitar a vida dos guineenses”, avisou.  

Por outro lado, o responsável sublinhou que amanhã os guineenses vão empossar o seu primeiro-ministro sem se importar com a parte formal ou seja, constitucional e nas próximas marchas, “ vão empossar os membros do novo governo”.

De referir que segundo os organizadores, a marcha será assegurada pelas forças de segurança conforme manda as leis nacionais.

Por: Nautaran Marcos Có

Podcast

podcast

Escute quando quiser as emissões da Rádio Sol Mansi.

 

 

 

Ouvir

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più