A Juventude da Renovação Social exige a realização do recenseamento eleitoral para que as eleições tenham lugar na data prevista, isto é 18 de Novembro.

João Conte fez as exigências esta quarta-feira (12 de Setembro) num encontro com a imprensa para anunciar a próxima conferência regional da juventude do partido a realizar em Gabú neste final de semana.

“ Até agora o recenseamento não se iniciou o que pode condicionar a realização na data marcada. Exigimos a entidade competente para iniciar o recenseamento porque estamos preparados para ganhar as eleições que se avizinha para mudar de forma radical, os cenários políticos do país. Portanto, não vamos aceitar as manobras maquiavélico de pessoas com medo de ir as eleições”, diz.

Por outro lado, afirma que o recenseamento eleitoral está fora de hipótese por faltar somente onze dias para data final anunciado pelo governo.

“ Baseamos na lei eleitoral que determina que o recenseamento deve decorrer normalmente três meses, agora baseando nesta data, restando somente onze dias, significa que está fora de hipótese. Para isso, vamos esperar esgotar os dias marcados para recenseamento eleitoral, para reagir duramente”, avisou.

Entretanto, lamenta a actual situação política que o país vive, “por isso queremos eleições no dia 18 de Novembro para que o país possa se reerguer”.

A conferência regional visa contribuir para que a juventude partidária possa conhecer o sistema e lei eleitoral do país.

Por: Nautaran Marcos Có

 

Podcast

podcast

Escute quando quiser as emissões da Rádio Sol Mansi.

 

 

 

Ouvir

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Subscreva notícias

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più