Delegação da presidência dos assuntos religiosos de Turquia, chefiado pelo responsável do departamento das comunidades reuniu esta quarta-feira com o presidente da União Nacional dos Imames para estreitar a colaboração com a comunidade muçulmana do país.

No encontro realizada no princípio desta tarde na sede da União Nacional dos Imames, Ensari Yenturk, promete estreita colaboração da Turquia com a comunidade muçulmana do país.

“ Prometo a partir de hoje estar em estreita colaboração com União dos Imames e quero vos garantir que há muitos projectos que está para chegar mas devagar chegaremos o destino, porque a presidência dos assuntos religiosos da Turquia colabora com mais de 100 países no mundo”

Para o presidente da união nacional dos imames da Guiné-Bissau Ustas Abubacar Djalo, o encontro é um marco histórico no qual espera um resultado positivo para o país.

“ De facto é um marco histórico para o país, principalmente para a união nacional dos imames da Guiné, eles são membros activos na presidência dos assuntos religiosos da Turquia e esperamos um resultado positivo a favor da pátria e a comunidade muçulmana”

A delegação Turco vai reunir na quinta-feira com o Presidente da República e chefe do Governo.

Entretanto, O presidente da União Nacional dos Imames da Guiné-Bissau, perspectiva para esta quinta-feira o início do mês de Ramadão caso a lua seja vista esta noite.

Pata isso, Ustas Aladje Abubacar Djalo apela o entendimento em torno do início de Ramadão como forma de tornar mais forte a comunidade.

“ O importante numa comunidade é o entendimento, plataforma de qualquer sociedade há uma recomendação de Alá (Deus) que diz não fragilizem-se entre vocês para que os vossos prestígios desaparecem, mas uma vez, a espectativa é grande, possível que a lua seja vista hoje, como é recomendada e que o mundo começa a partir de amanhã quinta-feira o inicio da Ramadão. Espero que estaremos na aquela caravana de amanhã”.

Usta Abubacar Djalo chamou atenção aos comerciantes no que se refere ao disparo do preço de produtos da primeira necessidade no mercado que habitualmente se verifica no período de Ramadão.

“ A aproveitando esta ocasião, para apelar toda a comunidade no sentido de participar de forma massiva, respeitando o princípio religioso de convivência e também que haja a redução do preço de produto da primeira necessidade no mercado porque é um momento de caridade onde cada qual partilha um pouco que tem com os seus irmãos”.

Por: Braima Sigá

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Subscreva notícias

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più