É celebrado esta quinta-feira ( 15 de Junho) em todo o mundo dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa. A data foi instituída em 2006, pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa.

O objetivo da data é criar uma consciência mundial, social e política da existência da violência contra a pessoa idosa, e, simultaneamente disseminar a ideia de não aceitá-la como normal.

Na Guiné-Bissau a data é lembrada pelo centro de acolhimento ao Idoso “LAR GASSIDJU”, onde responsável do centro, Marcos Cardoso, referiu que segundo os dados de recenseamento geral da população de 2009, os idosos correspondem, apenas 4,7% do total da população da Guiné-Bissau.

«Queremos sensibilizar a sociedade guineense no sentido de prevenir e combater a violência contra pessoas idosas, e ao mesmo tempo responsabilizar a família guineense sobre cuidados e atenção necessária aos idosos, com base nos dados de recenseamento geral da população e habitação de 2009, os idosos correspondem apenas 4,7 do total da população do país, esta percentagem era de 7,2% em 1991», salienta o responsável.

Marcos Cardoso pediu ao governo da Guiné-Bissau para que cumpra com o artigo 37º da constituição da república que solicita o governo a criar gradualmente um sistema capaz de garantir ao trabalhador segurança social na velhice.

Consta que no país, não existe nenhuma politica dirigida as pessoas desta facha etária e a comemoração da data, passou despercebida pelas autoridades nacionais. 

Por: Anezia Tavares Gomes

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Subscreva notícias