O presidente da República do Níger Mohamed Bazoum inicia hoje uma visita de dois dias a Guiné-Bissau para entre outros aspectos reforçar os laços de cooperação entre os dois países.

Bazoum que chegou a Guiné-Bissau no final da tarde desta sexta-feira manteve um encontro com o seu homólogo guineense Umaru Sissoco Embaló com o qual partilhou a sua satisfação por estar no país pela primeira vez como presidente do Níger.

Numa declaração conjunta à imprensa Umaru Sissoco Embaló anunciou que vai instruir a ministra dos negócios estrangeiros “para ver como podem selar esta relação e criar uma comissão mista para desenvolver as relações já existentes”.

Por outro lado, o chefe de estado garantiu ao seu homólogo a contar com ele não como presidente da República, mas sim como um jovem amigo para caminharem em conjunto para o interesse dos dois países.

Entretanto, o chefe do estado nigerino sublinhou que tem uma afeição particular pela Guiné-Bissau, adiantando que tem seguido todas as mudanças das histórias muito movimentada da Guiné-Bissau, adiantando que “ estou convencido de que há um esforço democrático a base da qual será escrito a história desta nação”.

O governante nigerino disse ainda que já se sente a necessidade de uma cooperação bilateral que vai definir o domínio sobre qual podem apoiar, acrescentando que “esta visita é uma oportunidade para fazer o reconhecimento do país para abrir uma perspectiva de cooperação simbólico entre os dois estados”.

De referir que amanhã, Bazoum manterá o encontro com a comunidade nigerino residente na Guiné-Bissau horas antes de deixar Bissau.

Por: Nautaran Marcos Có

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più