Em declarações aos jornalistas no aeroporto de Bissau, José Mário Vaz, que viajou num avião da presidência do Gana, disse que leva a contribuição da Guiné-Bissau para a cimeira onde os responsáveis da Africa Ocidental vão analisar a situação de instabilidade no Burkina Faso e debater formas de combate ao vírus Ébola.

"O problema do vírus Ébola que grassa a nossa sub-região, todos nós estamos preocupados e este encontro visa fundamentalmente, juntos, tentarmos encontrar uma solução para fazer face ao problema", disse Mário Vaz.

Para a questão do vírus Ébola o presidente guineense contará com o apoio com a ministra da Saúde, Valentina Mendes, que hoje mesmo chegou à Bissau vinda de Portugal onde esteve numa missão com o primeiro-ministro, Domingos Simões Pereira.

Valentina Mendes chegou num voo e sem sair do aeroporto embarcou no avião que transportou José Mário Vaz para o Gana.

O ministro dos Negócios Estrangeiros Mário Lopes da Rosa estará ao lado do presidente guineense na cimeira quando for para analisar a instabilidade no Burkina Faso iniciada com a demissão do cargo do presidente Blaise Campaoré.

"Vamos analisar o que está a acontecer num país irmão, que é o Burkina Faso. Houve problemas ali e os chefes de Estado vão discutir e tentar também encontrar uma solução", declarou José Mário Vaz.


Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Subscreva notícias