PAIGC EXIGE QUE O PRESIDENTE DA REPÚBLICA ANUNCIE A DATA DAS LEGISLATIVAS

O Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) insta o Presidente da República a remarcar a data de realização das eleições legislativas inicialmente marcadas para o dia 18 de dezembro próximo.

O apelo dos libertadores foi avançado esta quinta-feira em Bissau, pelo seu representante no encontro promovido pelo Gabinete Técnico de Apoio ao Processo Eleitoral no país (GTAPE) com os partidos políticos, sobre o artigo oitavo da lei eleitoral na qual consta a capacidade eleitoral ativa dos cidadãos com direito a votar.

Albino Gomes considera que não se pode falar de recenseamento eleitoral no país sem que a data das eleições seja bem definida.

“Estamos num processo numa altura em a data das eleições está em dúvida, a nossa posição é o Presidente da República deve marcar a nova data para as eleições antes do início do processo de recenseamento”, apelou.

A posição contrária é do Movimento para Alternância Democrática (MADEM-G15), que na ocasião, o seu representante Mário Martins defendeu que a nova data das eleições não pode comprometer o processo de recenseamento eleitoral.

“A nossa posição é contrária, as eleições não podem comprometer o início d recenseamento”, disse.

Os partidos representados no encontro foram unânimes com a posição assumida com o gabinete técnico ao processo eleitoral, com a acepção do PAIGC que defende a marcação da data das eleições antes de início do recenseamento.

 

Por: Ussumane Mané

 

Escreva à RSM

email Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Subscreva notícias

© Radio Sol Mansi
Cookie Policy | Privacy Policy

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più