MINISTRA DE SAÚDE REVELA QUE NÚMERO DE MORTOS DOS RECÉM-NASCIDOS CONTINUA A AUMENTAR

A ministra da Saúde Pública diz que os números de mortos dos recém-nascidos continuam a ser elevados nas famílias mais pobres por a maioria dos partos acontece fora de hospitais.

Magda Correia e Silva fez estas revelações no lançamento da semana mundial e do mês nacional da amamentação sob o lema: “Empoderar Mães e Pais, Favorecer a Amamentação. Hoje e para o Futuro”! que teve lugar na vila de Bula, norte de Guiné-Bissau.

“A maior parte dos recém-nascidos não amamentados na primeira hora é um risco. O aleitamento precoce tem uma confluência que é ainda muito baixo na Guiné-Bissau, situa 34% mas temos que continuar a promover esta prática no seio da nossa comunidade por isso temos portanto, muito trabalho para fazer para melhorar este indicador”, alertou a ministra da Saúde Pública.

Por outro lado, a Ministra da Saúde destaca que o leite materno é alimento mais completo e tem mais probabilidade do filho estar protegido de doenças.

“O leito materno é o alimento mais importante completo e amamentação contribui para criar laço forte de intimidade entre mãe e o filho, a mulher que amamenta o seu bebé transmite segurança e o carinho e tem muita chance do filho estar protegido de doenças", afirmou Magda Correia e Silva.

A iniciativa, que acontece anualmente em Agosto, tem como objectivo enfatizar a importância do envolvimento de todos os familiares próximos, e não apenas da mãe, para que seja possível o aleitamento materno exclusive nos primeiros seis meses de vida e de forma complementar até os dois anos de idade.

A representante do UNICEF no país, Nadine Perrault enalteceu a iniciativa do governo em promover a campanha nacional da amamentação por isso manifestou a intenção de continuar a poiar o executivo.

“Felicitar o esforço do governo para promoção da amamentação, sabemos que na Guiné-Bissau os bebes continuam a deparar com dificuldade nutricional por isso esta iniciativa é louvável em que o UNICEF esta aqui para continuar apoiar o esforço do governo”. Referiu Nadine Perrault representante da UNICEF.

Capacite os pais e permita a amamentação, agora e no futuro! Esse será o Slogan da semana Mundial de Aleitamento Materno 2019, definido pela Aliança Mundial para Acção em Amamentação (WABA, sglon em Ingles).

No país o lema escolhido é: “ Famílias Unidas para a Amamentação” e a campanha decorrerá até 31 de agosto.

Por: Marcelino Iambi

Escreva à RSM

email Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Subscreva notícias

© 2019 Radio Sol Mansi
Cookie Policy | Privacy Policy

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più