Covid 19: GUINÉ-BISSAU COM ESCASSEZ DE PLACA PARA RECOLHA DAS AMOSTRAS

A Guiné-Bissau depara neste momento com falta de placa para os trabalhos de análise das colheitas de amostras sobre a infecção do novo coronavírus no Laboratório Nacional da Saúde Pública.

Anunciou, hoje (22), o coordenador do Centro de Operação de Emergência em Saúde, médico Dionísio Cumba, na habitual videoconferência de actualização da evolução da Covid-19 no país.

Dionísio disse que há cinco novos infectados que as suas colheitas foram feitas aqui no país e foram analisadas em Senegal e, todos eles, são tropas da força conjunta da ECOMIB.

Mais um caso no interior do país concretamente na região de Bafatá, sector de Ganado, e o médico Cumba revelou que neste momento há resistências da família sobre o seu isolamento o mesmo comportamento está-se a verificar no hospital de Cumura.

Ontem (21), chegou do Senegal cinquenta garrafas de oxigénio, e o coordenador do COES, anunciou que aumentou dos cinco para onze números pessoas que neste momento estão a utilizar o oxigénio devido a Covid-19.

Em relação ao des-confinamento das pessoas isoladas nos hotéis, devido a infecção do novo coronavírus, Dionísio Cumba assegurou que agora estes passam a receber seguimento comunitário.

Guiné-Bissau continua ainda a liderar com os números dos infectados por Covid-19 entre os países africanos com expressão portuguesa. 1114 São total das pessoas infectadas com a doença do coronavírus, seis mortos e quarenta e dois considerados recuperados da doença.

 

Por: Elisangila Raisa Silva dos Santos / Braima Sigá

  

Escreva à RSM

email Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Subscreva notícias

© 2019 Radio Sol Mansi
Cookie Policy | Privacy Policy

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più