27
Mar
2018

O director-geral de Viação Transporte Terrestre manifestou-se preocupado com índice de acidente de viação que se verifica no país durante primeiro semestre de 2018.

A preocupação tornada publica esta terça-feira (27 Março), pelo director-geral da Viação Transporte Terrestre, Bamba Banjai, durante o acto oficial do lançamento da nova linha dos transportes Urbanos “Toca-Toca” de Bissau a Prábis.

Segundo, Banjai o índice de acidente de viação deve-se a desobediência à lei por parte dos condutores em que acontece três a quatro acidentes por semana que considera de fatal a segurança das pessoas.

“Estamos preocupados com onda de acidentes a nível nacional sobretudo na cintura de Bissau. É ali que nossa preocupação reside com a situação de transporte na Guiné-Bissau em que numa semana no mínimo ocorre 3 a 4 acidentes mortais”, referiu Bamba Banjai.

Por outro lado, o responsável admite tomada de medidas duros e implacável a fim de melhorar o sector de transporte que segundo ele esta em negociação para abertura de linha verde a fim de denunciar as velocidades nas estradas no país.

“ Se queremos que haja melhoria no sector de transporte temos que tomar medidas duras e implacáveis por isso as instituições implicadas no domínio de condução devem estar determinada nas tomadas de medidas”.

Para isso, “pretendemos abrir linhas verdes e já estamos em negociação com a empresa de telecomunicação móvel Orange e MTN para que as pessoas possam denunciar as velocidades nas estradas no país”, sublinhou Banjai.

Sobre a carta de condução Bamba Banjai sustenta que vários condutores que exercem as actividades nas vias públicas carecem desse documento por isso enumera algumas medidas para obtenção da carta de condução.

“Temos vários condutores que não têm a carta de condução” a situação que considera de gravíssima para segurança das pessoas “em que alguns têm mas fora de prazo por isso garanto que temos de tomar medidas para travar acidentes no país”, afirma Banjai.

Por: Marcelino Iambi

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più