O Tribunal Regional de Bissau, sob a ordem do juiz Guerra Infanda, ordenou, hoje, a suspensão do Vº congresso da União Nacional dos Trabalhadores da Guiné (UNTG) que decorria sob o lema “congresso de união e conquista da dignidade dos trabalhadores”.

O encontro que reuniu esta manhã mais de duzentos delegados vindos das diferentes regiões do país, foi suspenso devido a decisão do tribunal que, ontem, emitiu uma providência cautelar intentada por um dos candidatos a liderança da UNTG, Laureano Pereira da Costa, contra a comissão organizadora do congresso e contra o Secretário-geral cessante, Júlio Mendonça.

Após a suspensão do encontro, Pedro Soares de Carvalho, presidente do conselho central da UNTG, reconhece que o despacho do juiz Guerra Infanda é ilegal e inexistente.

“Neste momento estamos no trabalho do Conselho Central mas, vieram com forças de ordem e para não entrar em confrontos resolvemos suspender o trabalho para demonstrar que somos legalistas muito embora as suas práticas sejam ilegais”, sustenta.

Pedro disse ainda que os trabalhos foram suspensos porque a UNTG vai resolver o problema ao nível judicial e só depois os trabalhos serão retomados.

Entrevistado pela Rádio Sol Mansi (RSM), o Secretário-Geral cessante e candidato à sua própria sucessão, Júlio Mendonça, disse que a providência cautelar é extemporânea e o presidente da mesa do Conselho Central não foi notificado pelo tribunal.

“O candidato que entrou com uma providência cautelar chegou ao país no final de Abril, ultimo dia da apresentação da candidatura e apresentou a sua candidatura e, isso significa que ele consentiu de todos os atos praticados no Conselho Central”, disse Júlio Mendonça.

Sobre esta decisão do tribunal, a RSM tentou mas sem sucesso falar, via telefonia, com o candidato Laureano Pereira da Costa que entrou com inquirimento na justiça.

Com esta decisão do tribunal, o 5º congresso da UNTG foi suspensa até que a situação foi esclarecida na instância judicial.

 

Por: Elisangila Raisa Silva dos Santos / Ussumane Mané

 

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più