10
Jan
2020

Paira ainda incerteza sobre o pronunciamento do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) em relação ao pedido de impugnação do processo eleitoral emitido pelo PAIGC na semana passada.

Em conferência de imprensa, esta manha (10), no palácio da justiça, o assessor de imprensa do presidente do STJ e do conselho superior da magistratura judicial, Salimo Vieira, desmente as especulações do eventual pronunciamento do tribunal supremo ainda hoje ou na segunda-feira e resultado será conhecido na divida altura.

“Temos estado a seguir em alguns órgãos de comunicação social assim como nas redes sociais, muitas informações de que o STJ vai pronunciar hoje ou o mas tardado até segunda-feira, esta é da responsabilidade daqueles que estão a fomentar este prazo, o Supremo Tribunal de Justiça tem só que anunciar que o processo está a ser trabalhado com toda a responsabilidade como qualquer outro processo e está a tomar os seus trâmites legais e na devida altura o povo guineenses saberá qual é a decisão do supremo sobre esta matéria”, explica.

Salimo Vieira pediu ainda a paciência e acalmia sobre o pronunciamento do STJ em relação ao pedido de impugnação das eleições presidenciais de segunda volta.

“Queremos exortar mais uma vez a paciência de todo os guineenses e dos interessados neste processo para que deixe o supremo fazer o seu trabalho normal e quando o supremo terminar o trabalho todo o mundo vai conhecer a sua decisão, nada ainda foi decidido aqui como tem sido veiculado nos bastidores”, garante.

O colectivo dos advogados do PAIGC disse, ontem (09), que cerca de 110 mil votos foram manipulados e que só uma recontagem poderá determinar quem realmente venceu as presidenciais.

 

Por: Elisangila Raisa Silva dos Santos / Braima Sigá

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più