17
May
2016

Á saída do encontro com chefe do estado Guineense, Modibo Ibraim Toure, o novo representante das Nações Unidas no país, garantiu a continuidade da ONU em apoiar a Guiné-Bissau.

Trata-se do primeiro encontro do novo Chefe do UNIOGBIS com um alto dignatário do Estado guineense.

O Secretário-Geral das Nações Unidas Ban Ki-moon nomeou Modibo Ibrahim Touré do Mali como seu novo representante especial para a Guiné-Bissau e Chefe do Escritório Integrado das Nações Unidas para a Consolidação da Paz na Guiné-Bissau (UNIOGBIS), substituindo assim Miguel Trovoada de São Tomé e Príncipe, que completou a sua missão em 30 de Abril de 2016.

Modibo IbraimTouré, há vinte anos nas Nações Unidas, é mestrado em Administração Pública nos Estados Unidos de América.

Ainda esta tarde Touré foi recebido por Cipriano Cassamá, líder do parlamento.

Entretanto o Presidente da República também manteve encontro com os deputados guineense membros do Comité Interparlamentar da União Económica e Monetária do Oeste Africano (UEMOA).

Depois da audiência, o porta-voz do grupo, Orlando Mendes Viegas, afirmou que informaram ao chefe do estado das reformas em curso nesta organização sub-regional, dada a crise económica mundial que, segundo ele requer a contenção de despesas.

O Comité Inter-parlamentar da UEMOA é composto por deputados de oito países membros desta organização, e cada Estado é representado com cinco parlamentares.  

 

Por: Elisangila Raisa Silva dos Santos / Marcelino Iambi

 

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più