O Presidente da Republica (PR), Umaro Sissoco Embaló, anunciou, esta quinta-feira (25), a continuidade do Estado de emergência, vivido no país desde 28 de Março último, no âmbito de combate a propagação do novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19.

Em declarações aos jornalistas no princípio desta tarde, no palácio do governo, após presidir o conselho de ministros, Umaro Sissoco Embaló disse que apesar disso o recolher obrigatório adoptado no âmbito de combate à Covid-19, será levantada desta vez.

“Estado de emergência vai continuar, mas há restrições que vão ser retiradas, a questão da recolha obrigatória vamos acabar com ele e temos que respeitar também a questão do distanciamento [físico], nas viaturas por exemplo táxi não pode ter três pessoas atrás. A questão do retomo às aulas estamos a ver, o ministro da educação fez uma boa apresentação, agora o que não vamos admitir neste momento é a circulação entre as regiões, como sabem há uma instituição responsável que é o alto comissariado para luta contra Covid-19”, explica.

Desde o anúncio dos primeiros caso da Covid-19 no país em 25 de março, muitas medidas foram adoptadas pelas autoridades para controlar a propagação da infecção, mesmo assim, mais de mil e quinhentas pessoas estão infectadas por Covid-19, das quais cento noventa e um são considerados recuperados e dezanove óbitos por novo coronavírus.

Sector autónimo de Bissau continua com maior números das pessoas infectada com a doença, logo seguir vem Biombo, Cacheu, Bafatá, Gabu e Oio.

Quinara, Tombali e Bolama Bijagós são as regiões consideradas livres ainda da infecção.

A pandemia de Covid-19 já provocou quase quinhentas mil mortes (472) e infectou mas de 9,2 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feita pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detectado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

 

Por: Braima Sigá

Podcast

podcast

Escute quando quiser as emissões da Rádio Sol Mansi.

 

 

 

Ouvir

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più