21
May
2019

 O líder do Partido Democrático para o Desenvolvimento (PDD) Policiano Gomes criticou o silêncio do presidente da República sobre a não nomeação do novo primeiro-ministro saído das últimas eleições legislativas perante a degradação da situação social caracterizado por greves em todos os sectores.

Perante a situação que o povo enfrenta este momento sobretudo no que diz respeito as greves no sector de saúde e educação, PDD exige ao presidente da República a nomear muito rapidamente o primeiro-ministro do partido vencedor das últimas eleições respeitando assim a vontade popular.

“ Não entendemos o silêncio de José Mário Vaz em não nomear o novo primeiro-ministro porque neste momento, a situação social degradou-se com greves nos sectores de saúde, educação, água e energia. Portanto, queremos saber se o presidente da República não está a acompanhar a situação de caos em que o país vive”, questionou para depois lembrar que “ deve-se respeitar a vontade popular expressa nas urnas nas últimas eleições legislativas de 10 de Março”.

Policiano Gomes exigiu por outro lado ao presidente da República a marcação da data para as presidências uma vez que já tem em mãos a proposta da Comissão Nacional de Eleições.

“ Queremos lembrar ao presidente da República que a marcação da data de próximas eleições presidenciais não se ocorre depois do fim do mandato do presidente como claramente tem mostrado José Mário Vaz”, alertou.

Por: Amadi Djuf Djaló

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più