08
Aug
2019

 O novo presidente do Conselho de Administração do Instituto Marítimo Portuária (IMP) promete trabalhar para minimizar os sofrimentos das pessoas que vivem nas zonas insulares, sobretudo quando houve naufrágio marítimo.

A promessa foi transmitida aos jornalistas esta manhã (8/7) depois da visita em diferentes departamentos que constituem o Instituto.

Batista Té prometeu por outro lado, transmitir as dificuldades encontradas no terreno ao Secretário de Estado dos Transportes e Telecomunicações para encontrar os mecanismos necessários ao minimizar estas dificuldades.

“ O instituto é uma das instituições fortes do país, por isso, tem que ter homens fortes para fazer avançar. Devemos dar mais atenção no sentido de minimizar sobretudo os acidentes marítimos. Tudo isso são preocupações que vamos levar ao Secretário de estado para minimizar a situação dos populares das ilhas”, explicou.

Relativamente ao estado da degradação da rampa do porto Canoa, Batista Té, diz que “ é urgente encontrar a solução para sua melhoria tendo em conta o perigo que este constitui para os utentes. Não é possível ter a rampa degradada, uma vez que há instituição que a usa frequentemente. Temos de nos sentar à mesa para analisarmos esta situação”.

Entretanto, lamenta a situação em que se encontram as infra-estruturas do porto de Bissau.

Por: Braima Sigá

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più