20
Sep
2017

O Numero 9 de Julho de 2017, da nova serie da "Soronda" (revista de estudos guineenses), foi lançado, esta quarta-feira (20), pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa (INEP)

O serviço de publicações do INEP, edita desde 1986 Soronda, revista de estudos Guineenses e a colecção da publicação do Nº 9 de Julho de 2017 da nova serie da revista ora lançado, possui para além de publicações próprias, um conjunto de trabalhos de 17 investigadores, relacionada com a sociedade Guineense.

O director geral do INEP, Leopoldo Amado, diz que trata-se de uma Soronda com 346 páginas, “tínhamos ensaiado outras formas, por isso aceitamos a forma de publicar a forma de publicar uma Soronda grande como esta”.

“É uma revista com muita qualidade onde é possível encontrar diversos temas sobre a Guiné-Bissau, no fundo é isso que é exercer e produzir conhecimentos sobre o país”, realça.

Ainda Leopoldo Amado considerou esta edição de uma revista ousada sendo que a revista ora lançada apresenta uma nova serie e que responda aos critérios científicos mas que também responda às exigências de qualidade e eu encorajo vivamente os jovens e não jovens a lerem e a terem uma abordagem critica sobre esta mesma revista, só assim podemos transformar o conhecimento e transformar este conhecimentos e pô-los em serviço do país”, conclui.

O Nº 9 de Julho de 2017 da nova serie da revista soronda possui 346 páginas, escrita em crioulo e português e os 17 investigares são nacionais e internacionais entre os quais 9 mulheres e 8 homens.

 

Por: Elisangila Raisa Silva dos Santos / Anézia Tavares Gomes

Imagem: Anézia Tavares Gomes

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più