O ministro do Ambiente e da Biodiversidade alertou que a degradação do ecossistema de mangal e das florestas têm contribuído no aumento do fenómeno da erosão no país.

Viriato Cassama falava no âmbito da entrega de vários lotes de materiais que a direcção-geral do ambiente e da agricultura recebeu por parte do Instituto da Biodiversidade e Áreas Protegidas (IBAP) através da União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN).

Estes donativos e no quadro do projecto da protecção e restauração de mangais e paisagem produtiva para fortalecer a segurança alimentar e mitigar os efeitos das alterações climáticas financiado pelo fundo para Ambiente Mundial.

“A Guiné-Bissau é considerada um dos países mais vulneráveis ao impacto das alterações climáticas devido a sua baixa costa, a irregularidade do regime da chuva e aumento da temperatura associada a fraca capacidade técnica e tecnológica, e ao défice de meios financeiros para fazer face aos problemas decorrente inegável realidade”, diz para depois realçar que “os aumentos dos fenómenos da erosão e da segmentação devido a degradação do ecossistema de mangais e das florestas tem contribuindo para aumento do fenómeno da erosão associada a má gestão de água de cultivo de arroz tem ameada subsistência das comunidades locais”.

Ocasião serviu por outro lado para o ministro do Ambiente e da Biodiversidade pedir o respeito na aplicabilidade de medidas de prevenção contra o coronavírus que assola o mundo.

“Esta ocasião serviu também para pedir o respeito a aplicabilidade de medidas de prevenções contra a COVID 19 assim desejar boa sorte a todos guineenses no combate a esta pandemia”, pede Viriato Cassama.

O director-geral do IBAP Justino Biai defendeu a valorização de mangais assim como a sua protecção sobretudo no contexto da alteração climática.

“Hoje cada vez mais, estamos a descobrir o papel económico e social do mangal no que aumenta a sua importância por isso é imperioso a valorização sistemática de mangal e por outro lado, devemos proteger-lhe porque joga um papel de grande importante sobretudo neste momento que estamos da mudança climática”, advertiu Justino Biai do IBAP.

Os mangais são um ecossistema de enorme importância para a protecção costeira, a segurança alimentar e para a conservação e refúgio da biodiversidade.

Por: Marcelino Iambi

Podcast

podcast

Escute quando quiser as emissões da Rádio Sol Mansi.

 

 

 

Ouvir

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più