O Ministro das Obras Públicas, Habitação e Urbanismo, Marciano Silva Barbeiro, afirma que a estabilização política e o desenvolvimento económico nacional são factores importantes para a concretização e a promoção do direito à habitação e a melhoria do habitat

Marciano Silva Barbeiro que falava, esta segunda-feira (02 de Outubro), durante a gravação da mensagem alusivo ao dia mundial do Habitat que se celebra anualmente, desde o ano 1984, na primeira segunda-feira do mês de Outubro, afirma também que a estabilização política poderá permitir a criação de condições financeiras necessárias ao investimento público. 

“É necessário que as transformações sejam acompanhadas por medidas de ordenamento do território, planeamento urbanístico e de edificação de habitações que irão facilitar e acompanhar o próprio desenvolvimento das cidades, tornando-as mais seguras e resilientes”, explica.

O ministro de Habitação e Urbanismo convida ainda as pessoas a reflectirem sobre as cidades habitadas porque, segundo ele, muitos problemas enfrentados actualmente são criados pelos comportamentos quotidianos das pessoas.

“É fácil verificar a existência de práticas sociais e hábitos que não se coadunam com a vivência urbana e que podem trazer-nos grandes problemas de saúde pública”, critica.

Este ano o dia mundial do Habitat é comemorado sob o lema “Políticas Habitacionais: Moradias Acessíveis”. Neste dia todos os países são chamados a reflectir sobre o meio em que vivem e são desafiados a repensarem as suas políticas habitacionais.

Uma das maiores dificuldades enfrentadas na Guiné-Bissau é a política de urbanização e das construções habitacionais e muitas ruas ficam sem saídas devido a construções habitacionais precárias.

Embora estas dificuldades o ministro guineense reconhece que as políticas habitacionais desempenham papel catalisador no desenvolvimento socioeconómico gerando empregos e reduz a pobreza.

 

Por: Elisangila Raisa Silva dos Santos / Marcelino Iambi

Podcast

podcast

Escute quando quiser as emissões da Rádio Sol Mansi.

 

 

 

Ouvir

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più