Os marinheiros dos navios da Empresa de Transporte Marítimo- SOTRAMAR, não recebem seus salários há oito meses e pediram à actual direcção para resolver a situação no prazo de quinze dias.

A alerta foi lançada durante a conferência de imprensa realizada esta terça-feira (05 de Setembro) pelo porta-voz dos marinheiros Veríssimo Lopes Batista.

 «Decidimos que durante quinze dias se actual direcção não pagar o salário dos oito meses em divida, nós vamos realizar uma vigília a frente do Ministério dos Transportes com dísticos para exigir a demissão da actual direcção dirigida pelo Sirma Seide. Ele só pagou três meses de atrasado da antiga direcção mas durante a chegada nesta direcção, não pagou nem um mês e pedimos a reunião o que não se concretizou», informou Veríssimo Lopes Batista.

Sirma Seide director geral da empresa Sotramar reconhece a referida situação e esclareceu que “ reconhecemos a situação dos trabalhadores mas nós temos a situação de paragem dos navios neste momento porque a empresa não é rentável e não está em condição de pagar os salários porque o governo não paga salários aos funcionários da empresa Sotramar”, afirmou Sirma Seide.

Por: Luciano Carlos Jaló

Podcast

podcast

Escute quando quiser as emissões da Rádio Sol Mansi.

 

 

 

Ouvir

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più