A Directora da Promoção das Crianças admitiu, esta quarta-feira (20), que mais de cem (100) crianças, que estava na ruas de Senegal a pedir esmola no quadro de aprofundarem ao estudo do Alcorão, foram retornadas ao país de 2016 a 2017

A revelação feita durante uma entrevista no âmbito do encontro com a Embaixada dos Estados Unidos da América relativamente a reunião do Comité Nacional para Prevenção e Abandono ao Trafico de Seres Humanos para Promover um envolvimento social mais amplo.

Maria Victoria Correia, Directora da Promoção das Crianças do Instituto da Mulher e Criança, admite receber um grupo de 25 crianças na sexta-feira oriundo da vizinha Senegal que foram encontrados a pedir esmola nas ruas deste país.

Segundo, a directora da Promoção das Crianças, a situação de tráfico de seres humanos está a ser controlada no país destacando o esforço conjunto entre o governo e os parceiros para a eliminação desta prática.

Sobre, o encontro com a delegação da Embaixada dos Estados Unidos da América, Maria Victoria Correia, disse que visa avaliar a possibilidade de apoiar o plano de emergência de curto prazo relativamente ao centro de acolhimento das crianças talibés.

Recorda-se que o Primeiro-ministro, Umaro Sissoco Embalo, tinha dado ordens de prisão a crianças e jovens apanhados a pedir esmola sustentado que é uma vergonha que os pais mandem os filhos para mendicidade pelas ruas em nome do ensino do Islão.

 

Por: Elisangila Raisa Silva dos Santos / Marcelino Iambi

Podcast

podcast

Escute quando quiser as emissões da Rádio Sol Mansi.

 

 

 

Ouvir

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più