Os jovens reunidos na VIº encontro nacional da juventude e população recomendaram ao governo a criação de centros de formação técnico profissional a nível nacional permitindo assim o ingresso de novos quadros jovens na administração pública.

Ainda exortam o governo que crie condições necessárias ao atendimento, orientação e tratamento de pessoas toxicodependentes e investir seriamente na qualificação profissional dos jovens como forma de ocupá-los.

A recomendação foi apresentada esta terça-feira durante a cerimónia do encerramento do encontro que vinha decorrendo desde passado dia 23 deste mês cujo lema é “ que juventude teremos, perante um destino incerto”.

Entretanto o Secretário Executivo do Fórum da Juventude e População Baite Badjana garantiu que a sua organização vai trabalhar afincadamente na divulgação de política nacional da juventude.

«Como é sabido existe já uma política nacional da juventude razão pela qual, sendo Fórum da Juventude, sentiu-se a responsabilidade de trabalhar afincadamente pela divulgação deste grande documento tal como outros instrumentos ligados a promoção do sector da juventude».

No entanto, o ministro da saúde Carlitos Barai ao presidir a cerimónia do encerramento do encontro aconselhou os jovens a privilegiarem a cultura de paz e da tolerância “condição sine qua non para se atingir com pleno sucesso todos os objectivos que se pretende alcançar na vida”.

«Feito isso, não devem perder nunca a esperança num amanha melhor para todos os guineenses em geral e aos jovens em particular e é o sentimento que deve nortear vossas acções de dia a dia e no que nos toca quero vos deixar a garantia de que o governo tudo fará para que seja efectivamente criadas as condições para que os vossos sonhos sejam uma realidade», diz Carlitos Barai.

Durante sete dias, os jovens debateram os temas como estigma e descriminação, drogas e seus efeitos na sociedade, planeamento familiar entre outros.

Por: Nautaran Marcos Có

Podcast

podcast

Escute quando quiser as emissões da Rádio Sol Mansi.

 

 

 

Ouvir

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più