Os cidadãos nacionais acusam os agentes do serviço da identificação civil de estarem a pedir dinheiro ilegalmente às pessoas para facilitar na concepção do Bilhete de Identidade

A RSM deslocou até às instalações do serviço da identificação civil onde ouviu algumas pessoas que foram tratar dos seus documentos que custa 5 mil para as pessoas de 07 aos 20 anos e de 21 anos para cima custa 10 mil francos.

Os cidadãos consideraram de corrupção o comportamento de alguns agentes que alegadamente pedem dinheiro às certas pessoas.

Ainda as mesmas pessoas ouvidas pela nossa reportagem pedem a descentralização dos centros de produção da referida peça ao nível nacional para minimizar os sofrimentos das populações.

Entretanto, sobre as acusações feitas pelos cidadãos nacionais, a RSM tentou sem sucesso falar com a Directora do serviço da identificação que preferiu remeter-se ao silêncio.

Ainda segundo a constatação da RSM, continua a ser verificado o fluxo das pessoas na instalação do serviço da identificação civil de Bissau, isto apesar da Ministra da justiça ter anunciado, a menos de uma semana, a descentralização dos centros de notariados em algumas zonas do país.

 

Por: Elisangila Raisa Silva dos Santos / Quina Nhaté

Podcast

podcast

Escute quando quiser as emissões da Rádio Sol Mansi.

 

 

 

Ouvir

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più