17
Sep
2018

 

O director-geral do Gabinete Técnico de Apoio ao Processo Eleitoral (GTAPE) garantiu esta segunda-feira (17 de Setembro) que ainda esta semana vai começar o recenseamento dos potenciais eleitores para legislativa de 18 de Novembro.

Alain Sanca deu a garantia durante a formação sobre manejamento de novos “kits” destinado aos 60 supervisores técnicos nacionais e da diáspora.

O responsável assegurou por outro lado que terça-feira (18 de Setembro) os agentes da brigada do recenseamento vão ser capacitados sobre a mesma matéria para permitir o início de recenseamento dos eleitores.

“Esta formação vem na sequência da formação teórica sobre os manuais e agora, como temos os “kits”, começamos a formação prática para supervisores técnicos sobre manejamento dos mesmos. A formação para os agentes da mesa do recenseamento vai começar amanha, e isso, significa que esta semana vamos colocar os agentes no terreno para o início da inscrição dos eleitores”

O país prevê 300 “kits” para o inico do processo, mas por enquanto só tem disponível os 150, que chegou este final de semana da Nigéria.

Segundo o director-geral do GTAPE, já conseguiram recuperar 60 “laptops” utilizados no último recenseamento eleitoral que também serão usados neste processo, totalizando assim 210 kits disponíveis para início de recenseamento eleitoral.

Na semana passada o chefe do governo Aristides Gomes informou aos partidos políticos com a representação parlamentar que “o atraso verificado no recenseamento eleitoral deve-se aos problemas burocráticos”.

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) defendeu em comunicado à imprensa já há duas semanas, um novo cronograma eleitoral por causa da lei sobre a inalterabilidade dos cadernos eleitorais.

Por: Braima Sigá

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più