31
Mar
2020

O Governo liderado por Nuno Gomes Nabiam disponibilizou mais de 17 milhões de francos CFA para aquisição dos materiais que chegaram, esta terça-feira (31), A Guiné-Bissau, para fazer face a propagação do novo coronavírus.

Entre matérias requisitados pelo governo de Nabiam e que chegou no princípio desta tarde incluem kits de extracção, reagentes do laboratório, mascaras, luvas, batas e entre outros equipamentos médicos  

Segundo a secretaria de Estado da Gestão Hospitalar, Cornélia Lopes Man, que falava no ato da recepção dos materiais proveniente de Portugal, a aquisição deve-se ao fracasso existente para responder eventual propagação do vírus no país.

Na mesma ocasião a governante disse que existem dificuldades, mas, sustenta que o seu o executivo está a redobrar esforço para fazer face à não propagação do vírus e no entanto pede a colaboração da população sobre a campanha da sensibilização.

Confrontado sobre a colocação de ventilador para os que já testaram positivo, e ainda sobre a não conclusão do local de isolamento dos infectados no Hospital Nacional Simão Mendes, uma vez que o país já registou 8 casos positivos do coronavírus, Cornélia Lopes Man disse não ter manifesto nas mão e, no entanto, não pode avançar se os ventiladores fazem parte dos materiais recebidos.

“Não temos lugar de isolamento mas estas pessoas estão em quarentena nesta casa”.

A responsável admite que as pessoas em quarentena em suas próprias casas têm a probabilidade de mais afectação. Para ela, deve haver um bom senso das pessoas infectadas para evitarem a contaminação de outras pessoas.

Esta terça-feira, segundo a actualização do caso de Coronavírus, no país, as autoridades do ministério da saúde pública, reafirmaram a existência de oito pessoas infectadas, e até então não há vítimas mortais. Segundo o Centro de Operações de Emergência de Saúde existem aina mais de 40 suspeitos e cujos resultados do teste podem ser conhecido ainda esta tarde.

 

Por: Elisangila Raisa Silva dos Santos

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più