Os funcionários da Televisão da Guiné-Bissau deram, esta terça-feira (26), ultimato ao Ministro da Comunicação Social para, até o dia 28 corrente, acabar com censura das notícias de alguns partidos políticos durante o telejornal

O ultimato dos funcionários vem na sequência da reunião entre os funcionários e o Sindicato de Base da TGB, dos órgãos público e igualmente do Sindicato Nacional dos Jornalistas e Técnicos da Comunicação Social (SINJOTECS).

O Presidente do Sindicato de Base da TGB, Francisco Indeque, diz aos jornalistas que, dentro de 24 horas, se o Ministro da Comunicação Social não responder a carta, os funcionários vão boicotar todos os trabalhos dos partidos políticos…

O Presidente Interino da SINJOTECS, Domingos Sanca, lamenta a intervenção directa nos trabalhos jornalísticos.

De referir que os funcionários da Televisão da Guiné-Bissau entregam abaixo-assinado no início do mês em curso ao Governo que, doravante, não vão admitir que haja censura às notícias de qualquer natureza.

 

Por: Elisangila Raisa Silva dos Santos / Bíbia Mariza Pereira

Podcast

podcast

Escute quando quiser as emissões da Rádio Sol Mansi.

 

 

 

Ouvir

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più