18
Sep
2017

O Fórum de Jornalistas Promotores de Saúde na Guiné-Bissau pretende criar um centro de informação e pesquisa no país incluindo a sensibilização radiofónica e nos mercados sobre a saúde ambiental e a higiene

Segundo o fórum o centro deverá ser instalado no Instituto Nacional de Saúde no bairro de Enterramento, em Bissau, e será apoiado pela Universidade internacional “John Rosque” através de um programa de SWISSAID, e pretende fazer recolha de todos os programas difundida nos órgãos relatando desta forma ao ministério da saúde. 

As promessas foram deixadas, esta segunda-feira (18), para anunciar a legalização do Fórum e para anunciar os trabalhos de sensibilização junto da população.

Na ocasião, o Secretario Geral, Amadu Madja Fofana, explica que o fórum já fez trabalhos de sensibilização nos mercados ligados à saúde ambiental e higiene.

“O Fórum tem como objectivo fundamental, envolver os jornalistas de todos os órgãos de comunicação social na Promoção da Saúde, criação dum ambiente favorável para a Promoção da Saúde nos Órgãos de Comunicação Social em colaboração com o Ministério da Saúde Publica e com o apoio da OMS”, diz.

Segundo Fofana os trabalhos do fórum incluem a produção e o desenvolvimento e ainda difusão dos temas que visam sensibilizar e responsabilizar o público pela sua saúde.

O Fórum de Jornalistas Promotores da Saúde integra elementos da imprensa escrita, e rádios (publicas e privadas) existente no país.

 

Por: Elisangila Raisa Silva dos Santos / Bíbia Mariza Pereira

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più