26
Jan
2018

Os Estados Unidos da América querem a realização das eleições ainda este ano de 2018 e igualmente concordam com “qualquer” decisão da comunidade internacional em relação a escolha de um novo Primeiro-Ministro na Guiné-Bissau

A informação dada pelo embaixador Americano para Senegal e Guiné-Bissau Tulinabo Mushingi, numa conferência de imprensa, realiza esta quarta-feira (24), em Bissau.

Mushingi, disse igualmente que concordam com a comunidade internacional de que deve ser nomeado um primeiro-ministro de consenso”

“Então se o povo da Guiné-Bissau concorda com qualquer decisão da comunidade internacional nós também concordamos”, diz.

Para o embaixador é “extremamente importante” a realização das eleições presidências e legislativa no calendário eleitoral previsto legalmente.

Mushingi disse ainda que o país tem a oportunidade de dar passos positivos neste momento, enaltecendo, por outro lado, “a calma” e “o clima da não-violência” que se vive no país.

“É necessário manter este clima de na violência entre todos os Guineenses”, aconselha.

O embaixador americano disse ainda que é importante a reabertura da Assembleia Nacional Popular e a criação de um governo inclusivo “que é relevante”, a medida que se aproximam as eleições.

O Diplomata encontrou-se com varias personalidades entre os quais o Carlos Gomes Júnior, o Ministro do Interior, Botche Candé, com quem debateu sobre a situação na linha fronteiriça entre a Guiné-Bissau e a Casamansa.

 

Por: Elisangila Raisa Silva dos Santos / Iasmine Fernandes

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più