O processo amontoa desde o mês Dezembro quando receberam informação sobre a não validade dos anteriores passaportes devido a circulação da nova gama da CEDEAO.

O fato levantou preocupação pelo que contactaram o consulado da Guine Bissau, no sentido de acionar mecanismos para facilitar os alunos no processo de renovação dos referidos documentos, a Rádio Sol Mansi soube que só apenas 217 dos mil conseguiram a renovação, apesar de todos terem pago o montante exigido para o processo.

Numa entrevista exclusiva a nossa redação Cristiano Sanca, presidente de associação dos estudantes guineenses no Estado de Ceará, afirma que tiveram a garantias do Cônsul da Guiné-Bissau que ainda no mês de Janeiro seriam entregues todos os passaportes aos estudantes em causa e depois só foram entregues os documentos aos que pagaram directamente nas suas mãos e os que pagaram na conta da embaixada ainda continuam nas incertezas”.

Perante esta situação Cristiano Sanca acusa a embaixadora e o cônsul da Guiné-Bissau de falta de vontade na solução deste processo, uma vez que alguns alunos já estão a enfrentar constrangimento no processo de renovação dos visito o que implica a possível perda de bolsa de estudo.

“Temos o caso de dois estudantes que tentaram renovar os seus vistos junto da Policia Federal mas não foi possível porque o passaporte está fora do prazo”, denuncia o porta-voz dos estudantes.

Os estudantes pedem a intervenção urgente da representação diplomática guineense em Brasil para resolver esta situação.

Podcast

podcast

Escute quando quiser as emissões da Rádio Sol Mansi.

 

 

 

Ouvir

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più